nunca

Vejo luzes na cidade
Vejo luzes no céu
E isso, me lembra, que eu sou seu

Vejo pessoas nas ruas
Vejo carros nos viadutos
E isso, me lembra, que eu sou seu

Me vejo sozinho na madrugada
Talvez você também esteja
Me vejo voando sobre as ruas
Sentindo a umidade no meu rosto
E isso, me lembra um sonho

Me vejo sozinho sem você
Talvez você nunca tenha sentido isso
Me vejo chorando nas ruas
Sentindo o vazio no meu peito
E isso me lembra, que você nunca existiu